O encaminhamento metodológico enfatiza o método fônico de alfabetização, que se caracteriza pelo estabelecimento das relações entre símbolo e som. Apresentam-se à criança os sons representados pelas letras e, ao combiná-los, pronunciam-se as palavras. Como explica Capovilla, “o método fônico parte da premissa de que as letras devem ser apresentadas e conhecidas por meio da associação com os sons que emitem, ou seja, ler pressupõe decodificar.”

Na Educação Infantil, escolhemos histórias: os clássicos infantis, que servem como temas geradores de todos os conceitos básicos a serem trabalhados em cada faixa etária.

As histórias infantis são excelentes recursos pedagógicos, pois:

  • Organizam e simbolizam os sentimentos e as sensações;
  • Ajudam na elaboração desses sentimentos e sensações;
  • Vêm ao encontro da necessidade que o educando tem de movimento, de ação, de jogo da imaginação e de imitação;
  • Trabalham os valores e as virtudes;
  • Trabalham com a auto-estima, trazendo alegria à vida das crianças;
  • Proporcionam conforto e esperança;